O Presidente Jair Bolsonaro visita Mato Grosso do Sul acompanhado pelo Deputado Federal Dr. Luiz Ovando e comitiva.

No próximo dia 18, terça-feira, o presidente Jair Bolsonaro visita o Mato Grosso do Sul, será a primeira vez dele no Estado depois de eleito. O Presidente que estará acompanhado do Deputado Federal Dr. Luiz Ovando e comitiva, iniciará sua agenda em Corumbá, com solenidade para inauguração do radar instalado pela FAB para coibir voos do crime organizado na linha de fronteira, “o radar significa sempre ampliação da visão e percepção mais aguçada do sistema de defesa e detecção de atividades ilícitas na fronteira. Resumidamente é mais segurança na fronteira”, disse Ovando.

Quanto à visita ao Mato Grosso do Sul, o Deputado vê com entusiasmo a ida do Presidente ao Estado, segundo ele , “a presença do mandatário máximo da nação sempre desperta o olhar do país para as potencialidades locais, e a sua visita destaca a importância de nossas cidades no cenário nacional em várias frentes.”

Logo após o almoço em Corumbá,  a previsão é de que a comitiva retorne à Campo Grande, onde o destino será a Base Aérea, que sediará um evento com participação de 700 militares de grupamentos aéreos do Exército e da Aeronáutica. O presidente segue então para sua última parada no Estado, a cidade de Nioaque, cerca de 180 km da Capital Campo Grande na qual está prevista visita ao 9º Grupo de Artilharia de Campanha de Nioaque, onde Bolsonaro serviu de 1979 a 1981, quando ainda era tenente do exército. Perguntado sobre as expectativas da ida do Presidente pela primeira vez ao Estado Sul-Mato-Grossense, o Deputado Dr. Luiz Ovando disse que “via com bastante entusiasmo a ida do Presidente, pois reforça o seu carinho pelo Estado além de rever a histórica cidade de Nioaque onde ele praticamente iniciou sua carreira militar como oficial.” 

O Planalto, montou um cronograma de inaugurações pelo país até o final do ano e lançará medidas de impacto social, com ênfase nos ministérios da Infraestrutura e do Desenvolvimento Regional, graças ao avanço de planejamento e conclusão de estudos das áreas técnicas dos Ministérios, o Presidente começou a entregar mais obras e visitar os Estados. Conforme Bolsonaro, o objetivo da viagem “é andar pelo Brasil, conhecer os  seus problemas, estar em contato com o povo brasileiro e mostrar também que é a prova viva de que esse vírus é uma realidade e você tem que encarar”. Ele defendeu o cuidado com a população mais idosa ou com comorbidades, os grupos de risco.

A última vez que o presidente esteve em MS foi em fevereiro de 2018, quando esteve em Dourados. Na época, ele era deputado federal e já pré-candidato, ele também esteve em Mato Grosso do Sul em julho de 2017, quando foi a Nioaque, acompanhar a encenação tradicional da Retirada da Laguna, episódio da Guerra do Paraguai. Ele passou por Campo Grande, onde foi recebido por uma pequena multidão no Aeroporto Internacional.

Quanto ao aumento da popularidade do Presidente em todo Brasil, Dr. Luiz Ovando comentou “O presidente é coerente e o seu comportamento é harmônico com os seus princípios e declarações, daí a sua popularidade”.