Luiz Ovando diz que atividades presenciais em Brasília têm mais resultados

Após ano e meio de medidas de restrição, o deputado federal dr. Luiz Ovando (PSL) considerou importante o retorno das atividades presenciais na Câmara dos Deputados. As sessões no plenário e as reuniões das comissões, que passaram a ser realizadas remotamente a partir de março de 2020, foram retomadas de forma presencial duas semanas atrás.  

“Os trabalhos não pararam porque os debates e votações continuaram por videoconferência, mas não é a mesma coisa. A presença dos parlamentares em Brasília é muito importante para a qualidade dos debates e das votações, além dos contatos com ministérios”, ressalva Ovando.

O parlamentar explica que o trabalho em Brasília não se resume à Câmara. Há diversas audiências marcadas com ministros e secretários para discutir investimento no Estado e municípios. “A busca por recursos para áreas de saúde, educação e infraestrutura é grande e, presencialmente, têm melhores resultados”, diz.

PEC dos Precatórios

Um dos poucos aliados do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na bancada federal de Mato Grosso do Sul, Luiz Ovando afirma que a aprovação da PEC dos Precatórios irá permitir que famílias mais vulneráveis recebam ajuda financeira da União para despesas básicas.

Defende que os senadores mantenham a decisão da Câmara para que o governo possa iniciar o pagamento dos benefícios aos mais carentes. “Esperamos que o Senado aprove a PEC nos dois turnos, o que permitirá custear o Auxílio Brasil. Em Mato Grosso do Sul, temos milhares de famílias que dependem dessa ajuda para ter o mínimo de dignidade”, destaca Ovando.