Luiz Ovando crê em grande frente de apoio a Bolsonaro em MS

Com a janela para troca de partidos encerrada, já é possível esboçar desenho sobre as disputas eleitorais deste ano em Mato Grosso do Sul. Para o deputado federal dr. Luiz Ovando (PP), o presidente Jair Bolsonaro (PL) é o grande beneficiado pela frente de partidos que deverá estar reunida para apoiar sua reeleição. 

Um dos poucos aliados do presidente Bolsonaro desde o início do mandato, em fevereiro de 2019, Ovando entende que Mato Grosso do Sul dará votação expressiva ao atual presidente, como aconteceu em 2018. Além do PP, a frente deverá ter o PL, partido do presidente, e o PRTB, com a filiação do deputado estadual Capitão Contar. 

“O presidente Bolsonaro tratou nosso Estado com atenção pouco vista entre os últimos presidentes. Em três anos, veio ao Estado pelo menos em cinco oportunidades, sempre anunciando obras e projetos voltados à população”, comenta.

Médico, Luiz Ovando destaca o trabalho realizado pela ex-ministra da Agricultura e pré-candidata ao Senado Tereza Cristina (PP), a quem caberá a condução das alianças do grupo bolsonarista no Estado. Segundo ele, a confiança de Bolsonaro no trabalho político da sua ex-ministra é fundamental para a consolidação de amplo apoio à reeleição do presidente.

O parlamentar diz que o PP teve crescimento “excepcional” no Estado e entende que será a principal agremiação a dar sustentação ao projeto de Bolsonaro no país e, regionalmente, às pré-candidaturas ao Senado, a deputado federal e a deputado estadual. “Nossa sigla chegará forte nas eleições e vamos caminhar juntos em defesa de bandeiras, como pátria, Deus, vida e liberdade”, reforça Luiz Ovando.

Em relação à vinda de Bolsonaro ao Estado terça-feira passada, o deputado progressista revela que o presidente se sente muito bem em solo sul-mato-grossense. Ovando fez parte da comitiva de Bolsonaro e o acompanhou desde Brasília. 

“Mesmo tendo ido ao hospital no dia anterior por um problema intestinal, ele não deixou de estar presente à solenidade no Assentamento Itamarati, onde foi recebido com carinho e empolgação impressionantes”, descreve.