“Bolsonaro quebrou a espinha dorsal da corrupção no país”, diz Luiz Ovando

Principal aliado do presidente Jair Bolsonaro (PL) entre os 11 integrantes da bancada federal de Mato Grosso do Sul, o deputado federal dr. Luiz Ovando (PP) afirma que os três anos de governo bolsonarista ratificam os princípios da direita do país. 

Segundo ele, uma das principais bandeiras, de lutar arduamente contra a corrupção, foi bem entendida pelo menos no Executivo. O parlamentar espera que os demais poderes possam criar medidas para reduzir casos de irregularidades na gestão orçamentária.

Em postagem em suas redes sociais nessa semana, o parlamentar disse que o presidente “quebrou a espinha dorsal da corrupção, travestida de democracia”, em referência aos governos petistas, onde as denúncias de corrupção tomaram conta das gestões de Luiz Inácio Lula da Silva e de Dilma Rousseff. 

Ovando também reforçou a defesa pela vida, bandeira da direita no país, e contra o aborto, bandeira defendida pela esquerda brasileira, de acordo com a tese do parlamentar. Afirmou que Bolsonaro denunciou o ensino universitário no país de “péssima qualidade”, reduto do socialismo. 

Outro ponto destacado por Luiz Ovando são as ações sociais do atual governo em que, para ele, o cidadão não precisa ser usado para sustentar ideologias. “Nos governos passados, a assistência social foi usada como estratégia de dominação e dependência sobre o brasileiro mais humilde”, afirma.