Ações da Embaixada da Venezuela em MS ocorrem por sugestão do deputado dr. Luiz Ovando

O deputado federal dr. Luiz Ovando (PSL-MS) afirmou nesta terça-feira (18) que o processo de regularização da situação dos venezuelanos em Mato Grosso do Sul irá permitir que os refugiados tenham condições de vida digna.
Desde ontem a Embaixada da Venezuela no Brasil está desenvolvendo ações nesse sentido, em conjunto com o Governo do Estado e os municípios de Campo Grande e Dourados.
O parlamentar é autor do pedido para que a Embaixada da Venezuela viesse ao Estado para realizar diagnóstico sobre a situação dos venezuelanos. O objetivo é que, com a regularização, os refugiados passem a levar vida regular, como trabalhar, estudar e ter acesso aos serviços públicos.
A estimativa é que cerca de 4,3 milhões de venezuelanos tenham deixado o país, em uma das maiores crises humanitárias mundiais dos últimos anos, junto com a Síria.
As ações dos governos brasileiro e venezuelano começaram ontem (17) e terminam na próxima sexta-feira (21). A embaixadora da Venezuela no Brasil, María Teresa Belandria, está realizando uma série de encontros com as autoridades do Governo do Estado e dos municípios de Campo Grande e Dourados.


“O vereador pastor Sérgio Nogueira (Dourados) me procurou relatando a situação dos refugiados venezuelanos e, a partir daí, levamos o caso ao conhecimento da Embaixada daquele país no Brasil”, relata Ovando.
De acordo com o deputado, a preocupação é maior porque o Brasil enfrenta pandemia, o que pode provocar a contaminação de mais pessoas em decorrência da situação precária dos refugiados. “Quanto mais exposta a pessoa fica, maior o risco de contaminação e de transmissão do vírus”, explica o parlamentar, que é médico há 45 anos.
Ovando afirma que os venezuelanos, irregulares, estão mais propensos a desenvolver doenças infecciosas por falta de vacinação e acesso a cuidados de saúde. “É preciso fortalecer as políticas públicas, abrir discussões sobre ações, campanhas e projetos de lei, que possam apoiar e defender os direitos desse público e consequentemente também resguardar a população sul-mato-grossense”,defende.
Amanhã (19), às 9h30, está prevista reunião da embaixadora com o governador Reinaldo Azambuja e o deputado federal Dr. Luiz Ovando e às 14 horas, na Superintendência da Polícia Federal no Estado, ambas em Campo Grande. Nos dias 20 e 21, Dr. Luiz Ovando promoverá o encontro da diplomata com o prefeito Alan Guedes, vereador pastor Sergio Nogueira e membros da Câmara Municipal de Dourados.